Artigos

Bela, recatada e do Direito.

23 Abr 2016
Publicado em Artigos

 

 

Esta semana surgiu um novo meme na internet, o bela, recatada e do lar, características citadas na entrevista com a esposa do vice-presidente da República.

Imediatamente, surgiram inúmeros memes, críticas, julgamentos e definições sobre o que cada um acha ou deixa de achar e novamente percebemos a intolerância, a falta de respeito e a falta até sinceramente de ética em respeitar as opiniões alheia.

Falta de Comprometimento.

17 Abr 2016
Publicado em Artigos

 

Esses dias escrevi na minha página que trabalho existe e o que falta é na verdade comprometimento, força de vontade. Alguns concordaram, outros discordaram e vou respeitar. Porém, gostaria de dividir o que venho presenciando diariamente.

Julgamentos

15 Mar 2016
Publicado em Artigos

 

Lá atrás quando me formei me deparava com pessoas que queriam pagar valores pequenos para uma audiência, preposto ou alguma diligência jurídica e eu já achava um absurdo, pensava em como alguém poderia oferecer um valor tão baixo para alguém que estudou cinco anos da vida.

Todo começo de ano é a mesma coisa, assuntos como viagens, pacotes turísticos de férias, material escolar são os mais comentados, além claro do IPVA, IPTU, Laudêmio e algumas outras despesas de início de ano.

E como se planejar para tudo isso e ainda curtir suas férias com sua família sem dor de cabeça?

Definitivamente, noções básicas de direito, deveriam fazer parte da grade de estudos desde o ensino básico, mas não no sentido jurídico da palavra, e sim levar ao conhecimento das crianças e adolescentes, desde o início de sua educação, como exercer o seu direito, lutar por ele e fazer com que o respeitem, e não se esquecer do mais importante, sem invadir a esfera do direito do outro.

Pior que conviver com o vírus do HIV é lidar com o preconceito. Hoje se comemora o Dia Mundial de Luta contra a AIDS.

Sendo assim, achei interessante buscar informações em sites que tratam do assunto e compartilhar aqui com vocês.

Pela Constituição Federal, os portadores do HIV, assim como todo e qualquer cidadão brasileiro, têm obrigações e direitos garantidos, entre eles, a dignidade humana e o acesso à saúde pública, sendo amparados pela lei.

O Brasil possui legislação específica dos grupos mais vulneráveis ao preconceito e à discriminação, como homossexuais, mulheres, negros, crianças, idosos, portadores de doenças crônicas infecciosas e de deficiência.

Em 1989, profissionais da saúde e membros da sociedade civil criaram, com o apoio do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, a Declaração dos Direitos Fundamentais da Pessoa Portadora do Vírus da Aids.

 

Pagina 4 de 12

Patrocinadores