ENTREVISTA COM O ADVOGADO E CONCURSEIRO DAVI DIAS AZEVEDO

02 Mar 2019
Publicado em Entrevistas

 

Davi Dias Azevedo, é brasileiro, natural de Taboão da Serra, Grande São Paulo, tem 25 anos, solteiro, não tem filhos, mora atualmente na Capital de SP, advoga desde 2017, formado pela Universidade Nove de Julho, pós-graduado em Direito Trabalhista e Processual Trabalhista e um concurseiro nato.

 

 

Nosso entrevistado, gosta de ler livros que não são de Direito e ama viajar, sempre preferindo viagens internacionais, sendo as mais longas suas preferidas, considera as viagens como seu hobby preferido.

 

Se descobriu apaixonado pelo Direito, durante seu curso de fisioterapia, quando em uma oportunidade, precisou de um advogado e acabou por frequentar a Defensoria Pública de São Paulo, foi quando se apaixonou então pelo Direito.

 

Durante a Faculdade, fez diversos estágios, primeiro na Justiça Federal aonde ficou seis meses, o segundo em um escritório cível, trabalhista e alguns casos penais, mas diz não ter atuado muito no penal, depois estagiou dois anos no Procon e o último foi na SPPREV em Direito Previdenciário.

 

Sobre se tornar um servidor público, Davi nos conta que desde o início da Faculdade queria ser Defensor Público, pois foi aonde se apaixonou, estuda há mais de um ano e já quis ser Juiz, Promotor, mas atualmente estuda para analista do TRT, sendo que futuramente pretende a Magistratura do Trabalho.

 

Davi considera a vida de concurseiro, difícil, solitária e por vezes frustrante, “estudo sozinho, pois cada concurseiro tem sua meta, tem gente que passa em um ano, tem gente que passa em três meses milagrosamente”. Já prestou TRT São Paulo, Campinas, Pernambuco e TRT Rio de Janeiro, foi aprovado em todos, porém, abaixo das vagas disponíveis. Já prestou também para Procurador de Joanópolis/MG, mas só tinha uma vaga, considera ter grandes chances de aprovação, mas descarta tomar posse por lá por conta da distância mesmo.

 

Davi gosta muito de Internet, principalmente o Instagram, aonde posta diversas stories, perguntei então se além de advogado e concurseiro, também é uma espécie de bloqueiro, ele responde que não se considera, “mas gosta de compartilhar sua vida de concurseiro porque tem algumas pessoas que o seguem e são concurseiros novos, mas, não se considera bloqueiro não”. Para quem quiser conferir o Instagram do Davi é @daavz_

 

Quanto à aprovação no Exame de Ordem, não achou a coisa mais difícil da vida, mas nem a mais fácil, sendo que antes de terminar a Faculdade, já começou a estudar e passou no Exame quando estava no nono semestre.

 

Nosso nobre colega concurseiro, diz não ser fácil morar sozinho, cuidar de casa, cachorros, estudos e ainda trabalhar em seus processos, mas faz tudo com muito carinho e dedicação, se considera disciplinado e consegue fazer tudo sem ficar afogado. Tem uma rotina regrada e programada, acorda as sete da manhã e começa a estudar as oito, estuda na parte da manhã toda e na parte da tarde, divide o horário em estudos e trabalho, no final da tarde, continua a estudar e vai na academia.

 

Para Davi, a maior dificuldade para um advogado nos dias atuais é a concorrência, pois “os advogados se vendem por um preço muito barato e fica tudo barateado, o que considera uma concorrência desleal”. 

 

Sobre já ter passado por situações engraçadas em sua Vida de Advogado, diz já ter passado por algumas, se lembrando de quando foi fazer sua primeira audiência trabalhista, aonde ficou meio perdido quanto ao lugar de se sentar, pois estava mais acostumado no cível, o qual o posicionamento das partes é ao contrário do trabalhista. Na Vida de Concurseiro, se lembrou de uma que fica como dica para os concurseiros de plantão. Quando forem prestar concurso em outro Estado, segundo nosso entrevistado, é de suma importância, colocar no momento da inscrição, o endereço do Hotel ou próximo ao Hotel que ficará hospedado, pois quando foi prestar um concurso no Rio de Janeiro, acabou colocando o seu endereço de SP, e com isso o colocaram para fazer a prova muito distante de onde estava hospedado, quase acabou desistindo.

 

Pedi para Davi dar uma dica para quem esta nesta linha de estudar para passar em concursos e tem que trabalhar, se manter e se cuidar? “Sempre pensar positivo, não se deixar levar pela frustração. Pode até pensar em desistir mas o mais importante é não desistir e não estabelecer um prazo, apenas garantir a si mesmo que irá passar e manter sempre uma rotina e disciplina”.

 

Conheceu a página através deste entrevistador e a considera muito bacana. Eu particularmente conheci o Davi através de uma estagiária muito querida que tive em São Paulo, a Maria Carolina Ifraim.

 

A mensagem que Davi nos deixa é que continuem acompanhando a página e agradece por lerem a matéria.

 

O contato de Davi pode ser feito através do celular (11) 964213247 e do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Por Rogério Gimenez

 

 

Vida de Advogado
Site
Blog
Página no Facebook
Instagram
Twitter
Canal no Youtube

 

 

 

 

 

 

 

 

Patrocinadores